Norte do Paraná

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

Economia é palavra de ordem nas prefeituras do Norte do Paraná

 

 Economia é palavra de ordem nas prefeiturasDevido à situação difícil que os municípios vêm enfrentando por conta da queda dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por parte do Governo Federal, os prefeitos devem adotar medidas de economia que permitam fazer frente aos salários do funcionalismo de novembro e dezembro e do 13º salário. A decisão foi tomada na última semana, durante a reunião da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop), em Cornélio Procópio. 

"Estamos com o ‘pires na mão’. Essa divisão do bolo tributário é injusta e cruel para os municípios pequenos que são a grande maioria. Foi um ano extremamente difícil para as prefeituras, com sucessivas quedas na arrecadação devido à queda dos repasses do FPM, com as necessidades e demandas aumentando cada vez mais. Estamos passando o chapéu, mas os prefeitos, com criatividades, buscam alternativas para fazer mais com menos", resume o prefeito de Bandeirantes e presidente da associação, Celso Silva (PDT)
De acordo com o presidente da Amunop, uma das alternativas apontadas é o recesso de fim de ano nas prefeituras com o objetivo de diminuir despesas, como já faz boa parte delas nesta época do ano. "É o momento que aproveitamos para dar um descanso aos servidores, permitindo ainda que as prefeituras cuidem da manutenção dos maquinários e veículos, mantendo apenas os serviços básicos como limpeza pública, saúde e outras demandas de cada administração", afirma Silva. 
Alguns prefeitos definiram um novo horário de atendimento para a população e redução dos serviços que podem esperar. "No nosso caso, vamos atender das 8 às 14 horas", informa o prefeito de Nova Fátima, Nilson Xavier (PDT). Os prefeitos aprovaram ainda um documento que será enviado à Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), solicitando detalhes da implantação do Campus Norte Pioneiro da instituição. Como o processo foi paralisado em consequência das eleições, os chefes do Executivo solicitaram uma posição da entidade. 
O presidente da Amunop informa também que a eleição para a nova diretoria da entidade ocorrerá no dia 18 de dezembro. Celso Silva afirma que não pretende concorrer novamente ao cargo. Os prefeitos têm até o dia 8 de dezembro para registrar uma chapa. Os prefeitos de Assaí, Luiz Alberto Vicente (PSDB) e de Cornélio Procópio, Fred Alves (PSC) manifestaram interesse em participar do pleito.
Marcos André de Brito, da Folha de Londrina

 

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br