Norte do Paraná

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famílias

Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famílias

Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famílias
Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famílias
Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famílias

Representantes da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Congonhinhas assinaram quarta-feira (17) os contratos de construção da casa própria com 85 famílias do município. O Residencial Benedito Salles do Nascimento receberá investimentos de R$ 4,8 milhões por meio do programa Minha Casa Minha Vida, com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS).

Além da assessoria técnica da Cohapar no projeto, o governo do Estado também participa com os serviços de instalação dos sistemas de água e energia das moradias através da Copel e Sanepar. O projeto, realizado na modalidade Entidades do programa Minha Casa Minha Vida, também conta com a parceria da Associação Moradores Unidos Pioneiros (Amup).

Durante a assinatura, o gerente regional da Cohapar de Cornélio Procópio, Nilton de Sordi Junior, ressaltou a importância do trabalho integrado para o sucesso dos projetos habitacionais. “O governador Beto Richa está empenhado na causa da habitação e, graças à parceria do governo federal e dos municípios, estamos realizando o maior programa da história do Paraná”, afirmou.

O superintendente da Caixa de Londrina, Élcio Coelho de Lara, também mencionou a parceria como algo fundamental na execução de políticas públicas ligadas à habitação. “O governo federal, através da Caixa, faz com que os recursos cheguem. Em conjunto com o governo estadual e a prefeitura, estamos transformando esperança em realizações”, declarou.

Congonhinhas assina contratos da casa própria com 85 famíliasPara o prefeito de Congonhinhas, José Olegário Ribeiro Lopes, além de realizar o sonho da casa própria, os projetos habitacionais têm ajudado na geração de empregos no município. “Temos mais de R$ 70 milhões sendo investidos em projetos habitacionais aqui na cidade. Nós temos que trabalhar juntos para não apenas concluir esta obra, mas ampliar ainda mais o atendimento à nossa população”, disse.

O evento ainda contou com a presença da presidente da Amup, Neusa Silveira, e do diretor da construtora Betonex, que será responsável pela obra, Neuto Baú.

EXPECTATIVA - Patrícia Fernandes, 28 anos, desempregada, vive com os cinco filhos em uma casa alugada pela qual paga R$ 250. "Foi a maior emoção assinar o documento da minha casa, eu nunca vou esquecer. A casa onde moramos é ruim e também é difícil pagar aluguel, ainda mais agora que estou desempregada. Já estou sonhando com a nova vida", afirmou.

Tania Fernandes Domingues, também desempregada, mora com o filho em uma casa de madeira e usa o dinheiro da pensão que ganha do ex-marido para pagar o aluguel. "Depois que for morar na casa nova quero levar minha mãe para morar com a gente. Meu sonho agora é conseguir economizar dinheiro para fazer um quarto bem lindo para o meu filho. Será uma vida completamente diferente", afirmou.


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br