Norte do Paraná

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

Colégio de Arapoti é campeão nacional em concurso internacional

Colégio de Arapoti fica em 1º lugar nacional em concurso internacional de plantio de árvoresAlunos do Colégio Estadual Carmelina Ferreira Pedroso, em Arapoti, fecharam o ano letivo de 2014 com uma grande conquista, o 1º lugar nacional e o 20º lugar mundial em um concurso internacional de plantio de árvores promovido pela Eno Tree Planting Day. Ao todo, foram 3.741 mudas de diferentes espécies de árvores plantadas no município.

Participaram 3.541 escolas de 114 países. O plantio acontece sempre em maio e setembro. O objetivo do programa é conscientizar sobre a importância de preservação do meio ambiente e a meta é plantar 100 milhões de árvores até 2017. Até este ano, foram plantadas 17 milhões.

A ação faz parte da Treelympics 2014, promovida pela ENO Environment Online para comemorar os dez anos do programa. A Eno é uma rede global para o desenvolvimento sustentável e paz mundial. Escolas de todo o mundo estudam questões ambientais, compartilham conhecimentos, resultados de aprendizagem e fazem pactos para alcançar o equilíbrio com o planeta. O programa, fundado em 2000 na Finlândia, tem dentre outras organizações parceiras, o Programa das Nações para o Meio Ambiente e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

No colégio, a iniciativa começou há quatro anos, com o envolvimento da direção, equipe pedagógica, Associação de Pais, Mestres e Funcionários e a professora de Língua Inglesa Rosilda Tapparo. Este ano, contou ainda com a participação do coordenador do Projeto Jovens Voluntários, Jean Carlos Klichowski.

Para Rosilda, foi esse trabalho em conjunto e o empenho da equipe gestora em fazer parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente que cedeu a maior parte das mudas plantadas, que garantiu a colocação na Olimpíada. “A participação do grupo de voluntários também foi decisiva para a classificação. Quanto mais pessoas envolvidas, melhor”. Ela explica que no começo as mudas eram plantadas apenas na escola e com a participação no projeto a ação contemplou toda a região.

De acordo com a diretora do colégio, Mariley Bassani, aproximadamente 90 jovens estiveram envolvidos no plantio, 35 do Jovens Voluntários. Ela comentou que esse trabalho promove a cidadania e concorda com a professora Rosilda ao citar São Francisco de Assis: “Primeiro é preciso fazer o necessário, depois, o que é possível e de repente a pessoa fará o impossível”.

Os jovens plantaram, além de árvores como o Ipê, árvores frutíferas e se empenharam para acompanhar o crescimento da planta. As alunas Mainara Pinheiro, que participa do grupo de voluntários, e a presidente do Grêmio Estudantil, Laís de Azevedo Ribeiro, apontaram sobre cada um fazer a sua parte para conseguir melhorar o mundo. Mainara mencionou ainda que o projeto ajudou na disciplina em sala de aula. “Os alunos participam mais, se envolvem com as atividades oferecidas pela escola”.

As alunas são um exemplo. Todos os dias elas vão à escola no contraturno para participar dos diferentes projetos oferecidos. “Eles se sentem valorizados e são disseminadores da consciência ecológica na comunidade”, afirmou Rosilda.

Jean concorda, mas acredita que ação é importante não só para conscientizar os alunos sobre a importância de preservar o meio ambiente, tema trabalhado de forma interdisciplinar durante todo o ano letivo, mas também para a socialização do estudante. “Eles ficam mais desinibidos, mais experientes e melhoram inclusive a oratória”.

Os integrantes do projeto também participaram segunda-feira (15) de uma cerimônia de homenagem e premiação promovida pelas secretarias municipais de Educação e Cultura de Arapoti, que reconhece projetos educacionais destaques no município durante este ano.

Assista ao vídeo do fundador e diretor do Programa ENO, Mika Vanhanen, parabenizando o Colégio


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br