Política

Postado dia 15/09/2021 às 20:46:06

Boca Aberta chama para briga relator que propôs sua cassação no Conselho de Ética

O deputado Boca Aberta (PROS-PR) ofendeu nesta quarta-feira (15) o deputado Alexandre Leite (DEM-SP), relator de um processo no Conselho de Ética da Câmara no qual propõe a cassação do mandato do parlamentar do Paraná.

As ofensas foram registradas em vídeo pela assessoria de Leite enquanto o deputado era seguido por Boca Aberta nos corredores da Câmara.

Ao longo da gravação, Boca Aberta xinga Alexandre Leite de "cafajeste", "vagabundo", "bandido" e "ordinário" – além de chamar o deputado "para o pau no plenário". No trecho divulgado, o parlamentar do DEM não responde às ofensas.

O episódio ocorreu após sessão do Conselho de Ética onde seria analisado o parecer de Leite pela cassação de Boca Aberta, apresentado no último dia 24. O deputado responde a esse processo por ter invadido uma unidade de saúde, filmado o médico plantonista e divulgado o vídeo em redes sociais.

O relatório não chegou a ser votado porque Leite pediu a retirada do tema de pauta, baseado no fato de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já decidiu, também no dia 24, cassar o diploma eleitoral de Boca Aberta. A decisão judicial impede que o deputado do Paraná cumpra o restante do mandato.

De acordo com Alexandre Leite, a definição do TSE já tramita na Corregedoria da Câmara, em âmbito administrativo, e deve seguir para que a Mesa Diretora tome as devidas providências.

"Não havendo justificativa, portanto, a continuidade desse processo no âmbito deste conselho. Ainda que se dê continuidade ao processo no âmbito do Conselho que se vote pelo pior, digamos, a perda de mandato, que é a recomendação, não haveria tempo hábil para que o projeto de resolução fosse votado antes de a Mesa determinar a perda de mandato”, disse Leite durante a sessão.

Em nota enviada pela assessoria, Leite afirma que o deputado Boca Aberta “desferiu ataques histéricos e mentirosos contra mim e minha família”.

"Essa é a típica reação de quem está sob risco de cassação e não tem outra alternativa a não ser o ataque injusto e calunioso. Não vou me dobrar a essas bravatas e ofensas, seguirei atuando de forma justa e correta no Conselho de Ética, ainda que a decisão final seja pela cassação do deputado", diz.

Procurado pela TV Globo, Boca Aberta reiterou as ofensas feitas a Alexandre Leite e disse que não há motivos para cassação do seu mandato. "É pessoal", disse.

Vídeo
O vídeo registrado pelos assessores dura cerca de 3 minutos. Nas imagens, Boca Aberta aparece exaltado, seguindo Leite pelo corredor das comissões da Câmara.

"Seu ordinário, você é um cafajeste, rapaz. Vamos ali, vamos para o pau ali no plenário”, diz. "Rachadinha, vagabundo, bandido. Você é bandido, rapaz. Está tudo aqui na minha mão. Quadrilheiro, família de bandido, comprador de voto com cesta básica lá em São Paulo.”

Em outro momento, Boca Aberta questiona: “Vai fazer o que em mim? Eu sou deputado, você vai fazer o que? Vai fazer o que comigo?”

"Você não vale nada, sua família é uma família de vagabundo, de bandido", diz.

Nas imagens, é possível ver que algumas pessoas, incluindo profissionais da segurança da Câmara, pedem calma a Boca Aberta – que pede que as pessoas "tirem a mão" dele.

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2021 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br