Policia

Postado dia 17/04/2011

Preso em Assaí confessa ter matado irmãs de 70 e 72 anos

Álvaro Patrício Camargo, 34, o Gauchinho, estava preso na Cadeia Pública de Assaí, devido à tentativa de assalto a uma agência bancária de Nova América da Colina e de Santa Cecília do Pavão, em 6 de abril último.

Ele tem por volta de 10 passagens policiais, por furto e suspeita de estupro.

Em interrogatório, Gauchinho’ confessou que, em 13 de julho de 2002, ele havia cometido um duplo latrocínio – roubo seguido de morte –, em Ponta Grossa.

O crime se refere ao assassino das irmãs Margarida Ribeiro, 72, e Sofia Migdalski, de 70 anos.

Ele confessou que havia entrado na residência, localizada na rua Uruguai, em Ponta Grossa, para roubar a casa e acabou matando as duas mulheres.

Depois da prisão na Cadeia Pública de Assaí, no norte do Paraná, ele foi transferido para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa, onde deve responder pelos crimes ocorridos há nove anos.

PARA SABER MAIS:

Preso autor de tentativa a roubo a banco em Santa Cecília

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br