Santo Antônio da Platina

Postado dia 16/07/2013

Prefeitura planeja obelisco de R$ 1 milhão para centenário

Prefeitura planeja Obelisco de R$ 1 milhão para centenáriodo Tá No Site

O diretor do departamento de Turismo de Santo Antônio da Platina, Cleide Roberto Alves afirmou que o projeto para requerer verba para a construção de um obelisco na entrada da cidade já está pronto e deverá ser encaminhado para o Ministério do Turismo por meio do cadastramento no Sistema de Convênios do Governo Federal (Siconv).

Caso o projeto seja aprovado a verba – avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão – deverá ser liberada pelo Ministério sem custos para a prefeitura.

O monumento, cujo projeto prevê a construção no meio da rotatória que fica ao lado da rodoviária na avenida Frei Guilherme Maria, deverá ter 50 metros de altura. O maior obelisco do Brasil é o obelisco do Ibirapuera que fica em São Paulo e tem 72 metros.

Segundo o diretor, a ideia faz parte de uma série de projetos turísticos com previsão para serem concluídos em 2014 quando será comemorado o centenário do município. A reforma da Casa da Cultura também é um dos projetos de inciativa da Comissão Organizadora do Centenário presidida pelo diretor do departamento de Cultura, Antônio Carlos Jannini Bartholomei, o Neno. O investimento de R$ 498,2 mil foi conseguido por meio de dotação orçamentária e a obra será concluída até maio de 2014.

De acordo com Alves, na base do obelisco está previsto o funcionamento de um centro de informações. “O projeto prevê a construção de uma sala de aproximadamente 15 metros quadrados onde qualquer pessoa pode parar para pedir informações sobre a cidade”, explica.

O diretor também ressalta que no alto do obelisco poderá ser construído um mirante que proporcionará ao turista uma visão panorâmica de toda a região. No corpo do monumento o nome da cidade será destacado por lâmpadas que permanecerão acesas durante a noite.

Para o prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM) a construção do monumento ornamentará a cidade sem causar qualquer prejuízo. “Quero ressaltar que a prefeitura não investirá dinheiro neste projeto. A Comissão Organizadora tem autonomia para desenvolver projetos com recursos da União e do Estado que não onerem o orçamento da prefeitura”, afirmou.

O diretor também informou que há um projeto para a construção de um imóvel para abrigar as diretorias de cultura e turismo. “A ideia é construir o imóvel num terreno próximo ao obelisco com espaço para realização de palestras e cursos voltados para o desenvolvimento do turismo no município, além de oferecer à população acesso a um banco de dados estatísticos com todas as informações sobre o município, como número de empresas, setores mais produtivos, lugares destinados ao lazer, restaurantes e lanchonetes, enfim, tudo que possa interessar não só aos turistas, como a própria população do município”, comenta o diretor.

 

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br