Londrina

Postado dia 07/12/2013

Belagrícola aluga Eco Mercado Palhano por dez anos

A Belagrícola,  empresa do setor agrícola, alugou o primeiro piso do prédio onde ficava o Eco Mercado Palhano por dez anos, para transformá-lo em sede do grupo em Londrina. A construção inaugurada em setembro de 2011 como um novo conceito em centro de compras, em frente ao Lago Igapó 2, passou a sofrer com o fechamento de lojas desde o fim de 2012 e está com quase todas as operações fechadas. Os valores da transação não foram divulgados e o contrato, negociado nos últimos dois meses, foi firmado no fim da tarde de ontem. 


Gustavo Carneiro/Equipe Folha


Dos 40 espaços iniciais, apenas um bar e um restaurante resistem no deque superior do local. Inicialmente, os diretores da Belagrícola dizem que o primeiro piso e 100 vagas das 200 do estacionamento são mais do que o necessário para comportar os 300 funcionários do grupo, que hoje trabalham em quatro prédios diferentes. A previsão de inauguração da sede da empresa no antigo Eco Mercado é em abril. 

Além dos 3,4 mil metros quadrados do primeiro piso, a Belagrícola ocupará 100 das 200 vagas de estacionamento. O restante ainda permanecerá nas mãos de uma empresa privada, para atender aos bares do deque superior. 

Construído sob conceitos de edificação sustentável e com várias certificações ambientais, o EcoMercado não prosperou como centro de compras. Grande parte dos lojistas abandonou o empreendimento e os que resolveram ficar sentiram a queda no movimento. Especulações de que o proprietário do local e presidente da Raul Fulgêncio Negócios Imobiliários, Raul Fulgêncio, estivesse em busca de um grande empreendimento para ocupar todo o prédio assustaram os últimos locatários. Ele nunca confirmou qualquer negociação. 
Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br