Assaí

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:07

Torneio de sumô reúne atletas de várias idades em Santa Cecília

 

por Wesley Prado Chagas

O 1º Torneio Keiji Takayama de Sumô em Santa Cecilia do Pavão, para mim, Wesley Prado Chagas, foi mais um sonho realizado, ver crianças menos favorecidas,sorrindo e felizes com o esporte sumô. Para mim, é mais gratificante ver uma criança aprendendo e sendo educada do que ser um mero campeão paranaense de sumô.

Durante o Campeonato tivemos surpresas e emoções entre os lutadores. Cássio Joaquim Gomes premiado em 1º lugar na categoria Peso Absoluto. Diz ele que "este 1º Torneio Keiji Takayama de Sumô marca Primeiramente a união entre a comunidade nipônica de Santa Cecília do Pavão e Assai com a Federação Paranaense. Esta união só tem a contribuir com a revitalização da cultura nipônica nos esportes e em especial no sumô.

E em seguida esse torneio marca a trajetória brilhante da Associação Kaiko  e a Federação Paranaense em revitalizar e manter a cultura do sumô viva em todo o Paraná e região.

O professor de judô Victor Hugo dos Santos, o Pozão, também participou com sua equipe de Assai e Amoreira do Campeonato, levando na categoria Peso Pesado, o 2º lugar, e Peso Absoluto, em 3º. Ele diz que "achei muito bom essa nova etapa no sumô da nossa região, que ficou parada por um bom tempo, e o desempenho dos alunos foi muito bom. Gostaria de agradecer muito ao presidente da Confederação Paranaense, Cassiano Joaquim Gomes, ao campeão paranaense Wesley Prado Chagas e ao diretor Esportivo da Federação Cassio Joaquim Gomes. Por tudo onde já vivi muitas glorias neste esporte também.

Torneio de sumô reúne atletas de várias idade em Santa CecíliaO campeão mundial Rui Aparecido também compareceu no torneio e ganhou a premiação de 1º Lugar na categoria Peso Pesado. Ele relata que "eu gostei muito do campeonato do dia que passamos em Santa Cecília. Fui muito bem recebido por todos. Faz apenas 9 anos que luto sumo e ainda não tinha tido contato com nenhuma outra equipe da região. Eu estava um pouco ansioso.f Fiquei muito feliz principalmente de ver as crianças se interessando pelo esporte subindo ao Dohiô,  lutando se divertindo. Foi assim que comecei. Quem sabe um dia uma delas pode estar representando o Paraná em campeonatos nacionais ou até vestindo a camisa da seleção brasileira em um Mundial.

Entre os muitos atletas, Maristela, de 52 anos, encarou o esporte com garra e foi a única mulher a participar do campeonato. Sem medo, ela lutou em todas as categorias do adulto Peso Leve, Peso Pesado e Absoluto, e foi homenageada como uma guerreira.

Em nome de todos os participantes do evento queremos agradecer à Secretaria Municipal de Esportes (SMEL) e ao secretario Paulão por estarem apoiando o esporte e abrindo portas para que o esporte seja bem aceito e conceituado como deve".


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br