Policia

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

Moradores usam o Facebook para despistar a bandidagem

 
Moradores usam o Facebook para despistar a bandidagem
A média era de oito casas invadidas diariamente por assaltantes.

Os moradores do Santo Inácio recorreram às redes sociais para tentar reverter uma estatística preocupante no bairro: a média de oito casas invadidas diariamente por assaltantes. O cálculo é do morador Marcelo Lunardon, que criou um grupo no Facebook reunindo os vizinhos na busca pela segurança.

O grupo SOS Santo Inácio foi criado há um ano para estimular a comunidade a acompanhar a rotina do bairro e avisar quando alguma coisa suspeita acontece. Uma ação relativamente simples, mas que na prática deixava de acontecer pela convivência distante.

Ciciro Back
Moradores comemoram a conquista da segurança no bairro.

“Melhorou muito o engajamento dos moradores, as pessoas passaram a acreditar mais nelas, pois temos que fazer a nossa parte”, afirma Lunardon. A iniciativa surgiu depois que um assaltante entrou em sua casa quando ele estava na residência, mesmo com todo o aparato de segurança instalado no local. “No dia seguinte descobri que todas as casas tinham sido assaltadas”, lembra.

Em quatro dias, mil pessoas aderiram ao grupo e se tornaram vigias da vizinhança. “Serviu pro vizinho cuidar de casa vizinho, um cuidando do outro. Se alguém percebe alguma coisa estranha, alguém ou algum carro suspeito, ela divulga no grupo e os vizinhos ficam em alerta. Isso inibiu muito os bandidos”, conta. A iniciativa também chamou a atenção da polícia, que conta com alguns representantes na rede social, e moradores de bairros próximos. O índice de assaltos caiu para quatro ocorrências por semana na região. “Este é apenas um canal pra ajudar, mas acredito que não vai acabar com a criminalidade”, observa.

Ciciro Back
PM confirma que ajuda dos moradores é fundamental para o trabalho da polícia.

Em nota, a Tenente Caroline Costa, porta-voz da Polícia Militar do Paraná (PMPR), reforça que a ajuda entre os moradores é primordial para a manutenção da segurança. “Sempre é bom lembrar que a segurança pública é dever de todos e quando os moradores se unem todos saem ganhando e, consequentemente, o marginal não tem espaço para atuar. No entanto, o policiamento na região está sendo feito diariamente e tem resultado em prisões e apreensões”, garantiu.

Além disso, a participação da população, considerada “os olhos da polícia”, possibilita que muitos crimes sejam desvendados e solucionados. “A PM está aberta sempre a qualquer solicitação. Entretanto elas devem ser encaminhadas à polícia por meio do site da PMPR (www.policiamilitar.pm.pr.gov.br) ou ligando para o 190 a qualquer momento, ou procurando a delegacia mais próxima. Hoje o Estado do Paraná conta também com a delegacia eletrônica, facilitando o registro de ocorrências www.delegaciaeletronica.pr.gov.br”, orienta a tenente. 

 

do Paraná Online


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br