Notícias

Postado dia 08/01/2015 às 12:03:40

Aos 74 anos, homem leva família de motocicleta do Paraná à Bahia

Uma família paranaense decidiu fazer uma viagem diferente no fim de ano. O pai, três filhos e um neto se reuniram em Cascavel, no oeste do Paraná, e partiram de moto com destino à Bahia, no nordeste do país. Os cinco fizeram mais de 4,5 mil quilômetros em uma aventura que começou por causa do sonho do patriarca da família, Ventelino Marquetti, de 74 anos.

"Essa viagem foi uma surpresa, eu falei para meus filhos que ia para a Bahia de moto, disse  que ia com a minha esposa e bem devagar. Então, meus filhos falaram que iriam comigo, e em poucos dias planejamos tudo. Até meu neto que mora em Curitiba resolveu ir também", lembra Vintelino.

Depois de tudo definido, o grupo saiu de Cascavel no início da manhã do dia 29 de dezembro de 2014. Além das cinco motos, um carro com outras cinco pessoas da família, incluindo a esposa de Ventilino, Neiva Marquetti, acompanhou os motociclistas. “Ela só não foi na moto porque tinha feito uma cirurgia e a medica só deixou ela viajar dentro do carro”, conta o filho Mauren Marquetti.

Grupo saiu de Cascavel no dia 29 de dezembro com destino à Bahia (Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)
Grupo saiu de Cascavel no dia 29 de dezembro
(Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)

 

Foram dois dias de viagem até Luiz Eduardo Magalhães, onde mora a irmã de Ventelino, e onde o grupo passou as festas de fim de ano. De lá, eles seguiram para Barreiras, mais cerca de 100 quilômetros de estrada, onde mora a outra irmã.

Visitar os parentes foi o principal motivo da viagem. “Na verdade, eu fui para Machu Picchu, no Peru, e queria ir com os meus irmãos de novo agora no fim do ano. Mas não dava para levar meu pai porque é uma viagem longa e cansativa. Mas meu pai sugeriu ir agora para a Bahia, e de moto. Conversamos e decidimos ir. A viagem para Machu Picchu teve que ser adiada”, revela Mauren.

Mauren conta que ir de moto para a Bahia sempre foi o sonho do pai. “Mas como ele tem idade avançada a gente não queria, tinha receio”, diz. A solução foi ter um carro com a irmã que mora em Luiz Eduardo Magalhães acompanhando o grupo. “Eles foram fazendo o suporte, para ajudar se a gente precisasse de alguma coisa na estrada”, completa.

A viagem foi considerada um sucesso e Ventelino se emociona ao lembrar da aventura. "Foi a viagem do sonho, todo o caminho, a rota, a emoção de estar com meus filhos e neto, e com a a minha esposa mesmo dentro do carro. Foi muito lindo", relata. Mauren diz que ouviu o pai dizer que tinha medo de acordar e ver que estava apenas sonhando.

Viagens de moto são tradição na família (Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)
O casal Ventilino e Neiva. Viagens de moto são
tradição na família Marquetti
(Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)

 

Imprevistos pelo caminho
O plano era fazer a viagem em três dias, mas para surpresa do grupo, em dois dias eles estavam no destino. “Foi bem puxado porque rodamos desde manhã até à noite. Foram mais de mil quilômetros por dia”, conta Mauren. "As pessoas agora perguntam se eles não têm medo e eu falo que medo todo mundo tem, mas ninguém diz”, conta a mãe, Neiva.

Mas alguns problemas tiveram que ser vencidos, entre eles um temporal. “100 quilômetros antes de chegar a Luiz Edurdo Magalhães pegamos um temporal bem forte por 30 quilômetros. Eram muitos relâmpagos, mas continuamos até porque não tinha nem onde parar, nenhum posto de combustível, só plantação de soja. Tivemos que passar por ele [o temporal] com vento e chuva muito fortes”, relembra Mauren. “Acho que lavar a alma”, diz Neiva.

Planos
A família de motociclistas chegou a Cascavel na terça-feira (6). Essa foi a viagem mais longa de moto da família, porém não foi a primeira. Todos os anos o grupo se reúne no dia 12 de outubro, no Rio Grande do Sul. “Nós vamos para ‘Moto Vó Fest’, na casa da minha avó em Guaporé. São 20 ou 30 motos que saem daqui do Paraná e é uma tradição de família”, revela Mauren.

Mas como este ano já começou na estrada, os planos agora é viajar ainda mais. "Foi tão bom, tão legal quer vamos viajar mais quando chegar o melho momento. Meus parentes já estão me esperando no Mato Grosso", fala Vintelino, empolgado.

Pai e um dos filhos, Mauren Marquetti, durante uma parada no caminho (Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)
Pai e um dos filhos, Mauren Marquetti, durante uma parada no caminho (Foto: Mauren Marquetti/ arquivo pessoal)

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br