Política Paranaense

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

PMDB decide apoiar Traiano para presidência da Assembleia

Apesar da decisão do partido, Ratinho Júnior (PSC) diz que manterá candidatura à presidência

PMDB decide apoiar Traiano na AssembleiaA bancada do PMDB decidiu apoiar à candidatura do líder do governo, deputado Ademar Traiano (PSDB), à presidência da Assembleia Legislativa – na eleição marcada para 2 de fevereiro do ano que vem – um dia após a posse dos deputados eleitos e reeleitos. Dos oito parlamentares peemedebistas que estarão no Legislativo a partir do ano que vem, sete assinaram documento se comprometendo com o tucano. Apenas o deputado Artagão Jr, que sonhava em ser o candidato peemedebista ao comando do Legislativo, se absteve.

Com isso, fica prejudicada a candidatura do deputado federal e deputado estadual eleito, Ratinho Júnior (PSC), já que o PMDB tem a segunda maior bancada da Assembleia, atrás apenas do PSC do próprio Ratinho, com 12. Na segunda-feira, os peemedebistas jantaram com Traiano e na terça-feira à noite, se reuniram com Ratinho Jr, para ouvirem as propostas dos dois candidatos.

O líder governista se comprometeu a manter o espaço que o PMDB tem atualmente na Mesa Executiva, onde o partido comanda respectivamente a 1ª vice-presidência e a 2ª secretaria. Os escolhidos para ocuparem esses cargos a partir da nova legislatura foram os deputados Jonas Guimarães e Ademir Bier. O deputado Nereu Moura, por sua vez, continuará como líder da bancada do partido.

Já Ratinho Jr havia prometido ceder ao PMDB a vaga de 1º secretário – segundo cargo mais importante da Casa, atrás apenas da presidência, responsável pela administração de um orçamento de mais de R$ 400 milhões anuais. Os peemedebistas avaliaram, porém, que o deputado do PSC perdeu terreno na disputa, já que viajou ao exterior por 20 dias justamente no momento em que as articulações estavam em andamento. “A viagem do Ratinho permitiu que a candidatura do Traiano ganhasse capilaridade. Chegou a um ponto irreversível. Acho que qualquer outra candidatura na Casa terá pouca possibilidade”, avaliou

Nereu Moura, ressalvando que mesmo assim, Ratinho Jr garantiu que manterá sua candidatura.

Traiano também conseguiu eliminar outro concorrente – o deputado estadual Plauto Miró Guimarães (DEM), que vinha ensaiando uma candidatura à presidência da Casa. Diante do crescimento do apoio ao rival, Plauto tende a compor com o tucano, e em troca, deve permanecer no comando da 1ª secretaria. 

Apesar do revés, Ratinho Júnior aposta na divisão entre os peemedebistas para sustentar suas pretensões. “Já recebi telefonemas de deputados do PMDB, depois da reunião, afirmando que vão conosco”, afirmou ele ao portal Vanguarda Política.

“A eleição é em fevereiro do próximo ano. É natural que os partidos vão se posicionando. Mas, neste momento, tudo o que está sendo colocado é parte do jogo. O PMDB, por exemplo, nós sabemos que está rachado. Não vai todo mundo junto”, argumentou. 

Composição — Nos bastidores da Assembleia, a aposta é de que Ratinho acabará retirando sua candidatura, em troca de uma nova nomeação para a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano – cargo que ele já ocupou por quase dois anos na gestão Beto Richa. Emissários do governador já procuraram o parlamentar para tentar uma composição e evitar uma disputa na base de situação. 

Em relação ao governo, a tendência é que a bancada continue dividida. Além de Nereu Moura, devem permanecer na oposição os deputados Anibelli Neto e o recém-eleito filho do senador Roberto Requião, Maurício Requião Filho.


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br