Política Paranaense

Postado dia 06/01/2015 às 05:55:08

Veículos públicos de Foz são flagrados cruzando fronteira

Flagrantes foram feitos por moradores durante o recesso de fim de ano. Chefe do departamento denunciou ‘sumiço’ dos veículos à Polícia Civil.

Do G1 PR, com informações da RPC em Foz do Iguaçu

Kombi que deveria estar no pátio da Vigilância Sanitária de Foz do Iguaçu foi vista atravessando a fronteira para a Argentina na sexta (2) (Foto: Daiana Feitoza / Arquivo Pessoal)Kombi que deveria estar no pátio da Vigilância Sanitária de Foz do Iguaçu foi vista atravessando a fronteira para a Argentina na sexta (2) (Foto: Daiana Feitoza / Arquivo Pessoal)

Dois veículos da Vigilância Sanitária de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foram flagrados cruzando as fronteiras do Brasil com o Paraguai e com a Argentina durante o recesso de fim de ano. De acordo com o secretário de Saúde, Charlles Bortoli, uma Kombi e um automóvel do departamento estavam com um funcionário que tinha acesso apenas às dependências do órgão, não às chaves e aos documentos. Ele estima que ambos foram retirados do pátio onde ficam estacionados provavelmente na terça-feira (2). No total, o carro trafegou cerca de 600 km e o utilitário outros 300 km.

Moradores da cidade flagraram a irregularidade e postaram fotos nas redes sociais denunciando os abusos. A comerciante Daiana Feitoza conta que viu uma Kombi da Vigilância Sanitária na sexta-feira (2), no acesso à argentina. O carro que deveria estar no pátio do órgão atravessou a fronteira no início da noite. “Como a fila estava muito demorada, eles seguiram pelo acostamento em direção ao shopping [que fica pouco antes da aduana]. Rolava muito flash, muitas fogos e diversão, como se fosse realmente um veículo de turismo, não para serviços públicos da cidade”, aponta. Já o automóvel foi visto estacionado na aduana paraguaia, em Ciudad del Este, também durante o feriado.

Assim que chegou para trabalhar e sem saber o paradeiro dos veículos, a chefe do departamento registrou um boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (5) informando o ‘sumiço’. Logo depois de feita a denúncia, um dos funcionários da Vigilância Sanitária, compareceu ao trabalho com um dos veículos e em seguida trouxe o outro. Guardas municipais foram chamados, fizeram uma vistoria nos veículos e encaminharam o servidor concursado até a delegacia central.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde, havia antecipado no domingo (4) que o caso seria investigado por meio da abertura de um inquérito administrativo a fim de que os responsáveis fossem identificados. A irregularidade, aponta, foi constatada, “por meio de câmeras de segurança e monitoramento do trânsito da Guarda Municipal que registraram os veículos trafegando fora do horário de expediente em via pública, em atitude suspeita e durante um recesso de final de ano”.

Também foram solicitadas à Polícia Rodoviária Federal imagens das aduanas das pontes da Amizade, na fronteira com o Paraguai, e Tancredo Neves, no acesso à Argentina. “As imagens poderão identificar o condutor e se possível, os demais integrantes dos veículos, bem como fortalecer o processo investigatório”, completou o secretário de Saúde, por meio do comunicado. Os responsáveis podem ser demitidos já que os veículos só podem ser usados a serviço do órgão e não têm autorização para trafegar fora do município. As investigações devem apurar ainda se os carros foram usados irregularmente por outros funcionários.


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2016 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br